Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/10/21 às 15h20 - Atualizado em 28/10/21 às 15h24

Dia do Servidor

 

“Servidor – aquele que serve a alguém, aquele que cumpre com rigor e zelo o que tem a fazer”.*

 

Com muita satisfação enaltecemos os homens e mulheres que dedicam suas vidas ao serviço público, não apenas por habilidade e/ou talento, mas, sobretudo, por vocação. Característica marcante da equipe Casa Militar, onde a entrega diária de cada um de seus servidores demonstra aptidão natural para desempenhar com maestria as funções institucionais que lhes são atribuídas.

Por este motivo, não poderíamos deixar de homenagear os nossos servidores. Consolidados pela competência e confiança, muitos se dedicam há décadas em garantir a excelência do serviço prestado por este Órgão.

Com a finalidade de parabenizar todo o efetivo, as pessoas que estão há mais tempo na missão de servir na Casa Militar foram entrevistadas e contaram um pouco de suas trajetórias.

Juntos, os três servidores mais antigos, somam mais de seis décadas de serviço público. A Subtenente Mônica do Corpo de Bombeiros, o 1º Sargento Reinaldo da Polícia Militar e a servidora civil Eliana, encontram-se atualmente lotados em funções administrativas e compactuam de preceitos fundamentais para garantir a qualidade do serviço: dedicação, responsabilidade, satisfação em servir ao próximo e viabilizar melhores condições de serviço aos colegas que estão na atividade fim.

 

ELIANA COSTA.

Servidora Pública há quase 30 anos, passou no concurso público para o quadro do GDF aos 19. Ela recorda que no início, o trabalho era realizado com máquina de datilografia e numeração manual. Com o advento do Sistema Eletrônico de Informações (SEI), a prestação do serviço foi facilitada, o que possibilitou, inclusive, continuar com suas atividades mesmo durante a pandemia.

Com alegria, ela relata como marco profissional e reconhecimento do seu trabalho, o recebimento de diversas condecorações, dentre elas, a medalha de bicentenário da PMDF.

Após 29 anos de serviço, faz alguns planos ao pensar em sua aposentadoria, mas se emociona: “Não me vejo longe do trabalho. Conquistei muitas amizades, acho que é o que sentirei mais falta”, divide Eliana.

 

 

 

1º SARGENTO REINALDO BISPO

Com mais de 20 anos de experiência na Casa Militar, esse profissional promove eficiência à Diretoria de Administração e de Pessoal.

Ele já trabalhou em diversas funções e se lembra que aprendeu muito com os colegas. A motivação do sargento para permanecer na Casa Militar nunca foi financeira. Ele menciona como a vivência no Palácio do Buriti lhe proporcionou mudar a forma de ver a realidade da corporação e do serviço público como um todo.

 

 

SUBTENENTE MÔNICA

Ao pensar na Subtenente Mônica Gomes automaticamente somos tomados por um sentimento de paz e gratidão. Servidora de conduta ímpar, amplo conhecimento e dedicada em servir. Tem sempre uma palavra para abençoar e não polpa esforços para fazer o melhor.

Relata que os primeiros anos de sua trajetória na Casa Militar não foram fáceis, conciliar a rotina familiar, os estudos e a alta demanda de trabalho exigia muito, mas isso não foi óbice para continuar desenvolvendo suas funções com excelência. Ao contrário, todas as dificuldades a edificaram, ela se especializou, ampliou os relacionamentos e criou rotinas não somente para ela, mas para todo aquele que viesse a substituí-la na Gerência de Controle de Processos, garantindo assim a continuidade do serviço.

Como conquistas, destaca as amizades que fez na Casa Militar: “não são apenas colegas, são grandes amigos, para a casa, para a vida”.

O que incentiva a continuar é gostar das pessoas, tem prazer em servir, resolver as demandas sem procrastinação. Enfim, ela admite: “me sinto útil na Casa Militar. Senão, já teria saído”.

 

 

Imensurável a alegria em registrar esses relatos e ter a certeza que em nosso órgão existem pessoas motivadas a entregar o seu melhor diariamente por meio do seu trabalho.

 

Parabéns, servidor!

 

*Oxford Languages