Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/07/18 às 11h25 - Atualizado em 29/10/18 às 18h41

Parte da residência oficial do governador foi doada ao Parque de Águas Claras

 

O Parque Ecológico de Águas Claras terá sua área aumentada em 31 hectares. O decreto que prevê a destinação de parte da Residência Oficial de Águas Claras foi assinado neste sábado (30) pelo governador Rodrigo Rollemberg.

Com a medida, o parque, criado em 15 de abril de 2000, passará a ter 130 hectares. Ele possui trilhas, dois lagos e quadras de vôlei e futevôlei, além de uma sede da Escola da Natureza e um batalhão de policiamento florestal.

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) agora fará um plano de manejo para estudar a nova área e definir qual será sua destinação.

“Esse é um dos parques mais bonitos de Brasília. Fico feliz em torná-lo ainda mais agradável e acessível, pois, com essa mudança, os limites dela vão até a Estrada Parque que liga Plano Piloto e Taguatinga (EPTG)”, disse o governador.

Acompanharam o governador a esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, a mãe dele, Teresa Rollemberg, o Chefe da Casa Militar coronel Márcio, o secretário de meio ambiente, a Administradora de Águas Claras, a deputada distrital Luzia de Paula entre outras autoridades.

O chefe do Executivo local também assinou o decreto que oficializará o nome da atual residência do governador como Residência Oficial de Águas Claras. O texto prevê ações como a democratização do acesso ao patrimônio público, formação cívica e direito à memória e à identidade cultural.

O Parque de Águas Claras é um dos espaços a receber as mais de 200 atividades da Virada do Cerrado, programa colaborativo promovido pela Secretaria do Meio Ambiente. Neste ano, a iniciativa tem como tema “Coleta seletiva e gestão dos resíduos sólidos” e ocorre nas 31 regiões administrativas do DF.

Parque de Escultura 3D é inaugurado na Residência Oficial de Águas Claras

Também foi inaugurado hoje o Parque de Escultura 3D, que integra o programa Residência Oficial de Portas Abertas, com o incremento no roteiro de visitação de 21 esculturas nos jardins da residência.

A iniciativa consiste em ações como visitas guiadas, oficinas e capacitações no espaço. Cedida a título de empréstimo pelo Museu Nacional, a residência ainda conta com acervo de 48 obras internas. Uma delas é uma escultura (Madame Curie), doada pela Embaixada da Polônia.

Todas as obras pertencentes ao Museu Nacional estão sob responsabilidade da Casa Militar.

 

Fonte Agência Brasília com colaboração da ASCOM CASA MILITAR.